Artigos do autor

Articles from author

Sofia Leite
As redes sociais em 2023: o bom, o mau, e o WTF
This is some text inside of a div block.

As redes sociais em 2023: o bom, o mau, e o WTF

É difícil acreditar que as redes sociais existem há cerca de 20 anos. Durante este tempo, tornou-se uma parte integrante das nossas vidas, e não há sinais de abrandamento!

Alguns acreditam que as redes sociais se tornarão mais pessoais, com plataformas a tornarem-se especializadas para diferentes demografias. Outros entendem que a inteligência artificial assumirá muitas das tarefas atualmente realizadas pelos humanos (como a moderação de conteúdos), conduzindo a uma experiência mais automatizada.

Aconteça o que acontecer, uma coisa é certa: as redes sociais continuarão a evoluir, e todos estaremos a assistir (e a utilizá-las)!

As redes sociais percorreram um longo caminho na última década.

Passámos de simples plataformas baseadas em texto para grandes espaços de informação interativos e altamente audiovisuais.

Mas o que é que o futuro nos reserva?

Primeiro, é preciso reconhecer que encontrar uma receita para manter os utilizadores envolvidos é o fator mais importante.

Então, comecemos com o lado bom!

1. Maior atenção à partilha privada

Na sequência de violações de dados e escândalos de privacidade, os utilizadores das redes sociais estão cada vez mais interessados em proteger as suas informações pessoais. Como resultado, podemos esperar ver um maior número de plataformas centradas na partilha privada, quer por mensagens diretas, quer por grupos pequenos e fechados.

2. Conteúdos mais personalizados

Os algoritmos continuarão a melhorar a mostrar-nos conteúdos que sejam relevantes para os nossos interesses e o nosso histórico da pesquisa. Este conteúdo personalizado pode assumir a forma de artigos, vídeos, ou mesmo anúncios, tornando as redes sociais uma parte ainda mais importante da do marketing.

No Facebook, por exemplo, assistiremos a um feed cada vez mais customizado aos nossos interesses com conteúdos recomendados pela IA. Espera-se, também, que isso aconteça, cada vez mais a partir de páginas que ainda não seguimos.

3. Maior destaque ao áudio

Com a popularidade dos podcasts a aumentar, os utilizadores estão cada vez mais habituados a consumir conteúdos neste formato. Veremos também um crescimento contínuo em plataformas como a TikTok e a Instagram Reels. Para as empresas, isto significa que agora é o momento de começar a experimentar conteúdo áudio e a pensar fora da caixa quando se trata deste formato.

4. O BeReal está em alta

O BeReal é uma aplicação de social media que se baseia na autenticidade e em ligações reais. E parece estar a fazer eco na comunidade, particularmente entre os mais jovens. Quer seja porque desejamos interacções mais genuínas ou simplesmente estamos cansados de ver fotografias perfeitamente filtradas, é evidente que o BeReal está a preencher uma necessidade no panorama das redes sociais.

5. As vantagens do UGC são numerosas

Uma das mudanças mais significativas será em direcção a uma forma mais autêntica e transparente de marketing conhecida como conteúdo gerado pelo utilizador (UGC).

O UGC autêntico é mais apreciado pelos consumidores do que a publicidade tradicional, e pode ser utilizado para criar uma ligação emocional com a marca. Isto pode assumir a forma de críticas de produtos, testemunhos, posts nas redes sociais, ou mesmo vídeos e anúncios criados pelo utilizador.

6. Conteúdo exclusivo para subscritores

Sim! já está em fase de testes e pode mesmo passar para o resto do mundo. O Instagram permitirá que os utilizadores subscrevam conteúdos dos seus criadores favoritos.

Desta forma, eles podem fazer stories, posts, reels, etc., apenas para aqueles que pagam a mensalidade, partilhando conteúdos únicos com os mais conectados.

Mudando agora para o menos bom…

Infelizmente, nem tudo sobre as redes sociais em 2023 é positivo, mas quando é que o foi?

Com a crescente popularidade do live-streaming, haverá mais oportunidades para o cyberbullying e assédio.

Além disso, a divulgação de notícias falsas continuará a ser um grande problema. Como vimos nos últimos anos, as redes sociais podem ser utilizadas para manipular a opinião pública e influenciar, por exemplo, eleições.

Além disso, as novas tecnologias como a realidade virtual e a realidade aumentada criarão novas oportunidades tanto para a ligação como... para a deceção.

E... Será que isto vai realmente acontecer?

E depois há os aspetos das redes sociais que não podemos sequer começar a prever.

Quem sabe que novas plataformas ou características irão surgir no próximo ano? Podemos até ver um regresso a formatos de comunicação mais tradicionais, como as mensagens de texto. Ou talvez todos estaremos apenas a comunicar através de emojis até 2023 (Sim, isso pode acontecer! 🙃)

À medida que mais e mais pessoas se juntam ao metaverso, as redes sociais procurarão provavelmente sensibilizar para a sua próxima fase de desenvolvimento em posts de RA. Esta nova forma de publicação irá proporcionar aos utilizadores uma variedade de novas features e experiências, incluindo a capacidade de observar as publicações em realidade aumentada.

Então, o que significa tudo isto para nós? 

As redes sociais em 2023 serão uma paisagem em constante evolução, com novas plataformas e características a surgir a todo o momento. 

Mas uma coisa é certa: vai ser emocionante!

Claro, ninguém sabe ao certo o que está para vir, mas é bom estar sintonizado com as possíveis mudanças!

Use o Marketing Automation para gerar mais vendas
This is some text inside of a div block.

Por vezes, sente dificuldade em manter-se a par das últimas tendências e mudanças no marketing? É preciso estar onde os seus clientes estão, mas não há tempo suficiente durante o dia.

A automatização do marketing (Marketing Automation) é uma óptima forma de colmatar essa lacuna. Permite-lhe, entre muitas coisas, acompanhar o comportamento e preferências dos clientes de modo a criar experiências mais personalizadas. Com isto, ajuda a aumentar o envolvimento e as conversões!

Basicamente, qualquer coisa realizada manualmente pode ser automatizada com um software! Continue a ler para descobrir como.

Automatize as suas tarefas de marketing e poupe tempo

Se não tem a certeza de como o Marketing Automation pode ajudar o seu negócio ou se ainda tem de explorar se é uma boa abordagem de marketing, considere as seguintes formas nas quais pode beneficiar o seu negócio:

  • Melhora os resultados de marketing através da identificação de táticas de marketing específicas que foram bem sucedidas no passado.
  • Poupa tempo em tarefas de marketing automatizadas 24/7 de uma forma altamente personalizável, tais como a criação de campanhas de e-mail, análise de websites, gestão de dados, criação de regras, e calendarização de mensagens.
  • Alinha os esforços de marketing com os objetivos empresariais e ajuda-o a criar uma estratégia de marketing que possa ser facilmente compreendida pelas equipas de marketing.
  • Organiza a introdução de novos dados (em etiquetas, listas, automatização) e reduz o tempo gasto na introdução de dados e processos manuais.
  • Aumenta as receitas e o envolvimento com o marketing automatizado através do envio de mensagens atempadas e relevantes porque fornece conteúdo específico para o nível de interesse/conhecimento da lead em relação ao produto.
  • Entrega conteúdos mais pessoais, oportunos e relevantes para as leads e clientes.
  • Capta informações sobre o comportamento dos subscritores, de modo a poder enviar-lhes mensagens ainda mais direcionadas.

Como é que funciona?

Existem inúmeros tipos de software de automação de marketing no mercado, contudo a automação de marketing é mais do que apenas um software.As plataformas de software de automatização de marketing permitem às equipas:

  • Criar campanhas orientadas e medir o ROI através do rastreio de ações tomadas após uma campanha de marketing ter sido enviada. Isto inclui táticas tradicionais de marketing, tais como correio direto, e-mail marketing ou mensagens nos meios de comunicação social, bem como táticas de marketing como vídeos de marketing e campanhas de automação.
  • Construir listas de marketing e ganhar conhecimentos valiosos através da inteligência do software ou da análise de marketing.
  • Gerir potenciais clientes e leads com uma ferramenta de gestão fácil de usar que permite aos marketeers filtrar leads por preferência de marketing, tamanho da empresa, localização e muito mais; permitindo uma melhor formação de leads.
  • Identificar tendências de marketing, acompanhar o desempenho das campanhas, e comparar actividades de marketing com o software de automatização que fornece insights.
  • Recolher, gerir e analisar muitos dados utilizando software de automatização de marketing que se integra com o Google Analytics e outras ferramentas populares de business intelligence.
  • Otimizar as atividades de marketing com sugestões automáticas para novos emails, posts nos meios de comunicação social, landing pages e muito mais com base na análise de dados de conteúdo de alto desempenho com o mais recente software de marketing.
  • Personalizar mensagens de marketing por e-mail com conteúdo dinâmico que inclui dados de clientes de CRMs, histórico de compras detalhado e muito mais.
  • Otimizar a gestão de redes sociais com ferramentas designadas para identificar os principais influenciadores, agendar mensagens para horários específicos do dia, monitorizar palavras-chave e hashtags, partilhar fotos diretamente e monitorizar a comunidade da marca.
  • Centralizar dados de clientes de múltiplos sistemas num só local utilizando software de integração CRM que permite aos marketeers consolidar todos os seus contactos, chamadas, emails e posts sociais num só local sem ter de reintroduzir informação.

Então, porque é que o marketing automation é mais do que apenas software de marketing?

Atualmente, existem muitos tipos de ferramentas de automatização de marketing no mercado, cada uma designada para cumprir metas e objetivos comerciais específicos. Visto que não existe uma solução única, as empresas devem rever cuidadosamente as suas necessidades antes de escolherem uma ferramenta que se adapte à sua cultura, processos e recursos.

As ferramentas de automatização do marketing dividem-se em três categorias: ferramentas de gestão de leads, ferramentas de gestão de campanhas, e ferramentas de gestão de relações com clientes (CRM).

A tecnologia por detrás da automatização do marketing pode ser muito complexa, mas quando repartida nos seus componentes mais simples, podemos ver como se torna mais do que um simples software de marketing.

Segmente para o sucesso

Existem alguns componentes chave para uma campanha de marketing ser bem sucedida: um excelente produto, tráfego direcionado, e automatização de marketing eficaz.

Um grande produto é essencial para qualquer negócio. Sem um produto de alta qualidade, não conseguirá manter a atenção dos seus clientes ou gerar negócios repetidos. Contudo, ter um ótimo produto não é suficiente por si só. Também precisa de gerar tráfego para o seu site, de modo a converter esses visitantes em compradores. E finalmente, precisa de utilizar ferramentas eficazes de automatização de marketing para acompanhar os seus clientes e mantê-los envolvidos em todas as fases.

Mas um bom ponto de partida para descobrir o funil de vendas e uma fórmula de mercado maior é analisar em que fase do processo de compra o seu produto ou serviço se insere.

Por exemplo, se o seu produto é algo que as pessoas precisam de comprar imediatamente, tal como um artigo alimentar ou um medicamento, então o seu funil de venda será provavelmente mais curto com um tamanho global de mercado menor. Contudo, se o seu produto for algo que as pessoas possam levar o seu tempo a decidir - tal como um carro ou uma casa - então o seu funil de vendas será mais comprido com um tamanho global de mercado muito maior.

Primeiro, precisa de compreender o seu mercado. Quem são os seus clientes ideais? Que necessidades é que eles têm que não são atualmente satisfeitas?

Quando souber isso, pode começar a criar um funil de vendas que os atrairá e os converterá em clientes.

As etapas básicas de um funil de venda são:
  • Sem noção do problema (60%)Neste momento, é necessário atrair potenciais clientes com conteúdos ou ofertas que os atraiam.
  • Consciente do problema (20%)Sim! Está a levá-los ao ponto em que estão prontos para comprar.
  • A recolher informação (17%)Mesmo assim... A sua decisão final será tomada após terem recolhido mais informações.
  • Pronto para comprar (3%)E finalmente... Eles estão mais do que prontos para fechar a venda!

Com as ferramentas certas, pode automatizar as suas tarefas de marketing e conduzir mais leads e vendas através do seu website.

O Marketing Automation facilita a criação de campanhas de correio eletrónico direcionadas, o envio automático de posts nos meios de comunicação social, e a publicação de conteúdos valiosos que atraem clientes!

Ajuda-o a fechar mais vendas durante todo o ciclo até à compra, independentemente do dispositivo ou do canal.

E se combinar isto com marketing baseado em valor, uma estratégia que se foca na criação de valor para os clientes em vez de competir no preço, criará uma ligação com os seus clientes e estabelecerá confiança. Desta forma, torna-se mais fácil construir relações com os seus clientes e convencê-los a comprar.

E quando os clientes confiam em si, é mais provável que voltem e o recomendem a outros!

Se não está a automatizar, está a ficar para trás

Se ainda não está a utilizar o Marketing Automation, está na hora de começar!

As grandes empresas do mundo estão a fazê-lo, e não há razão para que não possa ser uma delas. Na sua essência, a automatização do marketing consiste em criar lealdade e impulsionar receitas através de mensagens relevantes. E isso é algo do qual o seu negócio pode definitivamente beneficiar.

Pronto para começar? Diga-nos como podemos ajudar.

Social media in 2023: the good, the bad, and the WTF
This is some text inside of a div block.

Social media in 2023: the good, the bad, and the WTF

It's hard to believe that social media has been around for about 20 years. In that time, it has become an integral part of our lives, and there's no sign of it slowing down.

Some believe that social media will become more personal, with platforms becoming specialized for different demographics. Others think that AI will take over many of the tasks currently done by humans (such as moderating content), leading to a more automated experience.

Whatever happens, one thing is for sure: social media will continue to evolve, and we'll all be watching (and using) it!

Social media has come a long way in the past decade.

We've gone from simple text-based platforms to highly-visual, interactive gardens of information.

But what does the future hold for social media? First, we need to recognize that finding a recipe for keeping users engaged is the most important factor.

So, let's start with the good stuff!

1. Increased focus on private sharing

In the wake of data breaches and privacy scandals, social media users are increasingly interested in protecting their personal information. As a result, we can expect to see more platforms focusing on private sharing, either through direct messaging or small, closed groups.

2. More personalized content

Social media algorithms will continue to get better at showing us content that is relevant to our interests and search history. This personalized content may take the form of articles, videos, or even ads, making social media an even more important part of the marketing mix.

On Facebook, for example, we will be watching a feed that is more and more personalized to our interests with recommended content by AI. It is also expected that this, however, will be increasingly from pages that we do not yet follow.

3. Increased focus on audio

With the popularity of podcasts on the rise, users are becoming more accustomed to consuming content in this format. We will also see continued growth in platforms like TikTok and Instagram Reels. For businesses, this means that now is the time to start experimenting with audio content and thinking outside the box when it comes to format.

4. BeReal is on the rise

BeReal is a social media app that's based on authenticity and real connections. And it seems to be resonating with people. The app is quickly gaining popularity, particularly among young adults. Whether it's because we're craving more genuine interactions or we're simply tired of seeing perfectly filtered photos, it's clear that BeReal is filling a need in the social media landscape.

5. The advantages of UGC are numerous

One of the most significant shifts will be towards a more authentic and transparent form of marketing known as user-generated content (UGC).

Authentic UGC is more trusted by consumers than traditional advertising, and it can be used to create an emotional connection with the brand. This could take the form of product reviews, testimonials, social media posts, or even user-created videos and ads.

6. Exclusive content for subscribers

Yes! It is already in the testing phase and may even move on to the rest of the world. Instagram will allow users to subscribe to content from their favorite creators.

In this way, they can make stories, posts, reals, etc., only for those who pay the monthly fee, sharing unique content with those who are most connected.

Moving to the bad…

Unfortunately, not everything about social media in 2023 is positive, but when was it?

With the increasing popularity of live-streaming, there will be more opportunities for cyberbullying and harassment.

In addition, the spread of fake news will continue to be a major problem. As we've seen in recent years, social media can be used to manipulate public opinion and influence elections.

In addition, new technologies like virtual reality and augmented reality will create new opportunities for both connection and… deception.

And… Will this actually happen? 

And then there are the aspects of social media that we can't even begin to predict. 

Who knows what new platforms or features will emerge in the next year? We may even see a return to more traditional forms of communication, like email or texting. Or maybe we'll all just be communicating via emoji by 2023 (Hey, it could happen 🙃!)

As more and more people flock to the metaverse, social media apps will likely be looking to raise awareness of their next-stage development in AR posts. This new form of posting will provide users with a variety of new features and experiences, including the ability to view posts in augmented reality.

So what does all this mean for us? 

Social media in 2023 will be an ever-evolving landscape, with new platforms and features emerging all the time. But one thing is for sure: it's going to be exciting!

Of course, nobody knows for sure what is coming, but it is good to be tuned in to possible changes!

Learn how marketing automation can help you work smarter, not harder
This is some text inside of a div block.

It's tough to keep up with the latest marketing trends and changes. You need to be where your customers are, but there's just not enough time in the day.

Marketing automation is a great way to bridge that gap. It allows you to, among many things, track customer behavior and preferences to create more personalized experiences. This improves engagement and conversions!

Basically, anything that you can do manually can be automated with software. Keep reading to learn how.

Automate your marketing tasks and save time

If you're unsure how marketing automation can help your business or have yet to explore if it is a good marketing approach, consider the following ways it can benefit your business:

  • Improves marketing results by identifying specific marketing tactics that have been successful in the past.
  • Saves time through automated marketing tasks 24/7 in a highly customizable way, such as creating targeted email campaigns, reviewing website analytics, data management, creating rules, and sequencing messages.
  • Aligns marketing efforts with business objectives and helps you create a marketing strategy that marketing teams can easily understand.
  • Organizes new data entry (within tags, lists, and automation) and reduces time spent on data entry and manual processes via email marketing software.
  • Increases revenue and engagement with automated marketing that sends timely and relevant messages because it delivers specific content for the lead's level of interest/knowledge regarding the product.
  • Delivers more personal, timely, and relevant content to leads and customers.
  • Gets insights into subscribers' behavior so you can send them even more targeted messages.

How does it work?

There are numerous types of marketing automation software on the market; however, marketing automation is more than just marketing software.Marketing automation software platforms allow marketing teams to:

  • Create targeted campaigns and measure marketing ROI by tracking actions taken after a marketing campaign has been sent out. This includes traditional marketing tactics such as direct mail, email marketing, or social media posts, and marketing tactics such as marketing videos and marketing automation software marketing campaigns.
  • Build marketing lists and gain valuable insights through marketing intelligence or analytics.
  • Manage prospects and leads with an easy-to-use prospect management tool that allows marketers to filter leads by marketing preference, company size, location, and more, allowing for better lead nurturing.
  • Identify marketing trends, track marketing campaign performance, and benchmark marketing activities with marketing automation software that provides marketing insights.
  • Collect, manage and analyze big data (marketing analytics) using marketing automation software that integrates with Google Analytics and other popular business intelligence tools.
  • Optimize marketing activities with automatic suggestions for new emails, social media posts, landing pages, and more based on data analysis of top-performing content with the latest marketing software.
  • Personalize email marketing messages with dynamic content that includes customer data from CRM, detailed purchase history, and more.
  • Streamline social media management with tools designated to identify top influencers, schedule posts for specific times of the day, monitor keywords and hashtags, share photos directly to popular social networks and monitor brand sentiment through social listening software.
  • With CRM tools, marketers can consolidate all their contacts, call scripts, emails, and social posts in one place without having to re-enter information.

So, why is marketing automation more than just marketing software?

There are many marketing automation tools today, each designated to meet specific business goals and objectives. Since there is no one-size-fits-all solution, organizations must carefully review their needs before choosing a tool that suits their culture, processes, and resources.

Marketing automation tools fall into three categories: lead management tools, campaign management tools, and customer relationship management (CRM) tools.

The technology behind Marketing Automation can be very complex, but when broken down into its simplest components, we can see how it becomes more than just marketing software.

Funnel your way to success

There are a few key components to a successful marketing campaign: a great product, targeted traffic, and effective marketing automation.

A great product is essential for any business. Without a high-quality product, you won't be able to keep your customers' attention or generate repeat business. However, having a great product isn't enough on its own. You also need to generate traffic to your site to convert those visitors into buyers. And finally, you need to use effective marketing automation tools to follow up with your customers and keep them engaged at every stage.

But a good starting point for figuring out the sales funnel and larger market formula is to look at what stage of the buying process your product or service falls into.

For example, if your product is something people need to buy right away, such as a food item or medication, your sales funnel will likely be shorter with smaller overall market size. However, if your product is something that people can take their time deciding on – such as a car or a home – then your sales funnel will be longer with a much larger overall market size.

First, you need to understand your market. Who are your ideal customers? What needs do they have that aren't currently being met?

Once you know that, you can create a sales funnel that will attract them and convert them into customers.

The basic steps of a sales funnel are:
  • Not problem aware (60%)At this point, you need to attract potential customers with content or offers that appeal to them.
  • Problem aware (20%)Yes! You are getting them to the point where they're ready to buy.
  • Gathering Information (17%)Still, their final decision will be made after they gather more information.
  • Buying now (3%)And finally, they are more than ready to close the sale!

You can automate your marketing tasks and drive more leads and sales through your website with the right tools in place.

Marketing automation makes it easy to create targeted email campaigns, send automated social media posts, and publish valuable content that attracts customers!

It helps you close more sales throughout the lifecycle from lead to purchase, regardless of device or channel, and if you combine this with value-based marketing, a strategy that focuses on creating value for customers rather than on competing on price, you will create a connection with your customers and establish trust. This way, it becomes easier to build relationships with your customers and convince them to buy from you.

And when customers trust you, they're more likely to come back again and recommend you to others!

If you're not automating, you're behind the times

If you're not using marketing automation, it's time to start!

Marketing automation can help solve many old issues that still plague marketing departments today.

The world's top companies are doing it, and there's no reason you can't be one of them. At its core, marketing automation is about creating loyalty and driving revenue through relevant messages.

And that's something your business can benefit from.

Ready to get started? Let us know how we can help.

ÚLTIMOS ARTIGOS
LATEST ARTICLES
As redes sociais em 2023: o bom, o mau, e o WTF
This is some text inside of a div block.

As redes sociais em 2023: o bom, o mau, e o WTF

É difícil acreditar que as redes sociais existem há cerca de 20 anos. Durante este tempo, tornou-se uma parte integrante das nossas vidas, e não há sinais de abrandamento!

Alguns acreditam que as redes sociais se tornarão mais pessoais, com plataformas a tornarem-se especializadas para diferentes demografias. Outros entendem que a inteligência artificial assumirá muitas das tarefas atualmente realizadas pelos humanos (como a moderação de conteúdos), conduzindo a uma experiência mais automatizada.

Aconteça o que acontecer, uma coisa é certa: as redes sociais continuarão a evoluir, e todos estaremos a assistir (e a utilizá-las)!

As redes sociais percorreram um longo caminho na última década.

Passámos de simples plataformas baseadas em texto para grandes espaços de informação interativos e altamente audiovisuais.

Mas o que é que o futuro nos reserva?

Primeiro, é preciso reconhecer que encontrar uma receita para manter os utilizadores envolvidos é o fator mais importante.

Então, comecemos com o lado bom!

1. Maior atenção à partilha privada

Na sequência de violações de dados e escândalos de privacidade, os utilizadores das redes sociais estão cada vez mais interessados em proteger as suas informações pessoais. Como resultado, podemos esperar ver um maior número de plataformas centradas na partilha privada, quer por mensagens diretas, quer por grupos pequenos e fechados.

2. Conteúdos mais personalizados

Os algoritmos continuarão a melhorar a mostrar-nos conteúdos que sejam relevantes para os nossos interesses e o nosso histórico da pesquisa. Este conteúdo personalizado pode assumir a forma de artigos, vídeos, ou mesmo anúncios, tornando as redes sociais uma parte ainda mais importante da do marketing.

No Facebook, por exemplo, assistiremos a um feed cada vez mais customizado aos nossos interesses com conteúdos recomendados pela IA. Espera-se, também, que isso aconteça, cada vez mais a partir de páginas que ainda não seguimos.

3. Maior destaque ao áudio

Com a popularidade dos podcasts a aumentar, os utilizadores estão cada vez mais habituados a consumir conteúdos neste formato. Veremos também um crescimento contínuo em plataformas como a TikTok e a Instagram Reels. Para as empresas, isto significa que agora é o momento de começar a experimentar conteúdo áudio e a pensar fora da caixa quando se trata deste formato.

4. O BeReal está em alta

O BeReal é uma aplicação de social media que se baseia na autenticidade e em ligações reais. E parece estar a fazer eco na comunidade, particularmente entre os mais jovens. Quer seja porque desejamos interacções mais genuínas ou simplesmente estamos cansados de ver fotografias perfeitamente filtradas, é evidente que o BeReal está a preencher uma necessidade no panorama das redes sociais.

5. As vantagens do UGC são numerosas

Uma das mudanças mais significativas será em direcção a uma forma mais autêntica e transparente de marketing conhecida como conteúdo gerado pelo utilizador (UGC).

O UGC autêntico é mais apreciado pelos consumidores do que a publicidade tradicional, e pode ser utilizado para criar uma ligação emocional com a marca. Isto pode assumir a forma de críticas de produtos, testemunhos, posts nas redes sociais, ou mesmo vídeos e anúncios criados pelo utilizador.

6. Conteúdo exclusivo para subscritores

Sim! já está em fase de testes e pode mesmo passar para o resto do mundo. O Instagram permitirá que os utilizadores subscrevam conteúdos dos seus criadores favoritos.

Desta forma, eles podem fazer stories, posts, reels, etc., apenas para aqueles que pagam a mensalidade, partilhando conteúdos únicos com os mais conectados.

Mudando agora para o menos bom…

Infelizmente, nem tudo sobre as redes sociais em 2023 é positivo, mas quando é que o foi?

Com a crescente popularidade do live-streaming, haverá mais oportunidades para o cyberbullying e assédio.

Além disso, a divulgação de notícias falsas continuará a ser um grande problema. Como vimos nos últimos anos, as redes sociais podem ser utilizadas para manipular a opinião pública e influenciar, por exemplo, eleições.

Além disso, as novas tecnologias como a realidade virtual e a realidade aumentada criarão novas oportunidades tanto para a ligação como... para a deceção.

E... Será que isto vai realmente acontecer?

E depois há os aspetos das redes sociais que não podemos sequer começar a prever.

Quem sabe que novas plataformas ou características irão surgir no próximo ano? Podemos até ver um regresso a formatos de comunicação mais tradicionais, como as mensagens de texto. Ou talvez todos estaremos apenas a comunicar através de emojis até 2023 (Sim, isso pode acontecer! 🙃)

À medida que mais e mais pessoas se juntam ao metaverso, as redes sociais procurarão provavelmente sensibilizar para a sua próxima fase de desenvolvimento em posts de RA. Esta nova forma de publicação irá proporcionar aos utilizadores uma variedade de novas features e experiências, incluindo a capacidade de observar as publicações em realidade aumentada.

Então, o que significa tudo isto para nós? 

As redes sociais em 2023 serão uma paisagem em constante evolução, com novas plataformas e características a surgir a todo o momento. 

Mas uma coisa é certa: vai ser emocionante!

Claro, ninguém sabe ao certo o que está para vir, mas é bom estar sintonizado com as possíveis mudanças!

Use o Marketing Automation para gerar mais vendas
This is some text inside of a div block.

Por vezes, sente dificuldade em manter-se a par das últimas tendências e mudanças no marketing? É preciso estar onde os seus clientes estão, mas não há tempo suficiente durante o dia.

A automatização do marketing (Marketing Automation) é uma óptima forma de colmatar essa lacuna. Permite-lhe, entre muitas coisas, acompanhar o comportamento e preferências dos clientes de modo a criar experiências mais personalizadas. Com isto, ajuda a aumentar o envolvimento e as conversões!

Basicamente, qualquer coisa realizada manualmente pode ser automatizada com um software! Continue a ler para descobrir como.

Automatize as suas tarefas de marketing e poupe tempo

Se não tem a certeza de como o Marketing Automation pode ajudar o seu negócio ou se ainda tem de explorar se é uma boa abordagem de marketing, considere as seguintes formas nas quais pode beneficiar o seu negócio:

  • Melhora os resultados de marketing através da identificação de táticas de marketing específicas que foram bem sucedidas no passado.
  • Poupa tempo em tarefas de marketing automatizadas 24/7 de uma forma altamente personalizável, tais como a criação de campanhas de e-mail, análise de websites, gestão de dados, criação de regras, e calendarização de mensagens.
  • Alinha os esforços de marketing com os objetivos empresariais e ajuda-o a criar uma estratégia de marketing que possa ser facilmente compreendida pelas equipas de marketing.
  • Organiza a introdução de novos dados (em etiquetas, listas, automatização) e reduz o tempo gasto na introdução de dados e processos manuais.
  • Aumenta as receitas e o envolvimento com o marketing automatizado através do envio de mensagens atempadas e relevantes porque fornece conteúdo específico para o nível de interesse/conhecimento da lead em relação ao produto.
  • Entrega conteúdos mais pessoais, oportunos e relevantes para as leads e clientes.
  • Capta informações sobre o comportamento dos subscritores, de modo a poder enviar-lhes mensagens ainda mais direcionadas.

Como é que funciona?

Existem inúmeros tipos de software de automação de marketing no mercado, contudo a automação de marketing é mais do que apenas um software.As plataformas de software de automatização de marketing permitem às equipas:

  • Criar campanhas orientadas e medir o ROI através do rastreio de ações tomadas após uma campanha de marketing ter sido enviada. Isto inclui táticas tradicionais de marketing, tais como correio direto, e-mail marketing ou mensagens nos meios de comunicação social, bem como táticas de marketing como vídeos de marketing e campanhas de automação.
  • Construir listas de marketing e ganhar conhecimentos valiosos através da inteligência do software ou da análise de marketing.
  • Gerir potenciais clientes e leads com uma ferramenta de gestão fácil de usar que permite aos marketeers filtrar leads por preferência de marketing, tamanho da empresa, localização e muito mais; permitindo uma melhor formação de leads.
  • Identificar tendências de marketing, acompanhar o desempenho das campanhas, e comparar actividades de marketing com o software de automatização que fornece insights.
  • Recolher, gerir e analisar muitos dados utilizando software de automatização de marketing que se integra com o Google Analytics e outras ferramentas populares de business intelligence.
  • Otimizar as atividades de marketing com sugestões automáticas para novos emails, posts nos meios de comunicação social, landing pages e muito mais com base na análise de dados de conteúdo de alto desempenho com o mais recente software de marketing.
  • Personalizar mensagens de marketing por e-mail com conteúdo dinâmico que inclui dados de clientes de CRMs, histórico de compras detalhado e muito mais.
  • Otimizar a gestão de redes sociais com ferramentas designadas para identificar os principais influenciadores, agendar mensagens para horários específicos do dia, monitorizar palavras-chave e hashtags, partilhar fotos diretamente e monitorizar a comunidade da marca.
  • Centralizar dados de clientes de múltiplos sistemas num só local utilizando software de integração CRM que permite aos marketeers consolidar todos os seus contactos, chamadas, emails e posts sociais num só local sem ter de reintroduzir informação.

Então, porque é que o marketing automation é mais do que apenas software de marketing?

Atualmente, existem muitos tipos de ferramentas de automatização de marketing no mercado, cada uma designada para cumprir metas e objetivos comerciais específicos. Visto que não existe uma solução única, as empresas devem rever cuidadosamente as suas necessidades antes de escolherem uma ferramenta que se adapte à sua cultura, processos e recursos.

As ferramentas de automatização do marketing dividem-se em três categorias: ferramentas de gestão de leads, ferramentas de gestão de campanhas, e ferramentas de gestão de relações com clientes (CRM).

A tecnologia por detrás da automatização do marketing pode ser muito complexa, mas quando repartida nos seus componentes mais simples, podemos ver como se torna mais do que um simples software de marketing.

Segmente para o sucesso

Existem alguns componentes chave para uma campanha de marketing ser bem sucedida: um excelente produto, tráfego direcionado, e automatização de marketing eficaz.

Um grande produto é essencial para qualquer negócio. Sem um produto de alta qualidade, não conseguirá manter a atenção dos seus clientes ou gerar negócios repetidos. Contudo, ter um ótimo produto não é suficiente por si só. Também precisa de gerar tráfego para o seu site, de modo a converter esses visitantes em compradores. E finalmente, precisa de utilizar ferramentas eficazes de automatização de marketing para acompanhar os seus clientes e mantê-los envolvidos em todas as fases.

Mas um bom ponto de partida para descobrir o funil de vendas e uma fórmula de mercado maior é analisar em que fase do processo de compra o seu produto ou serviço se insere.

Por exemplo, se o seu produto é algo que as pessoas precisam de comprar imediatamente, tal como um artigo alimentar ou um medicamento, então o seu funil de venda será provavelmente mais curto com um tamanho global de mercado menor. Contudo, se o seu produto for algo que as pessoas possam levar o seu tempo a decidir - tal como um carro ou uma casa - então o seu funil de vendas será mais comprido com um tamanho global de mercado muito maior.

Primeiro, precisa de compreender o seu mercado. Quem são os seus clientes ideais? Que necessidades é que eles têm que não são atualmente satisfeitas?

Quando souber isso, pode começar a criar um funil de vendas que os atrairá e os converterá em clientes.

As etapas básicas de um funil de venda são:
  • Sem noção do problema (60%)Neste momento, é necessário atrair potenciais clientes com conteúdos ou ofertas que os atraiam.
  • Consciente do problema (20%)Sim! Está a levá-los ao ponto em que estão prontos para comprar.
  • A recolher informação (17%)Mesmo assim... A sua decisão final será tomada após terem recolhido mais informações.
  • Pronto para comprar (3%)E finalmente... Eles estão mais do que prontos para fechar a venda!

Com as ferramentas certas, pode automatizar as suas tarefas de marketing e conduzir mais leads e vendas através do seu website.

O Marketing Automation facilita a criação de campanhas de correio eletrónico direcionadas, o envio automático de posts nos meios de comunicação social, e a publicação de conteúdos valiosos que atraem clientes!

Ajuda-o a fechar mais vendas durante todo o ciclo até à compra, independentemente do dispositivo ou do canal.

E se combinar isto com marketing baseado em valor, uma estratégia que se foca na criação de valor para os clientes em vez de competir no preço, criará uma ligação com os seus clientes e estabelecerá confiança. Desta forma, torna-se mais fácil construir relações com os seus clientes e convencê-los a comprar.

E quando os clientes confiam em si, é mais provável que voltem e o recomendem a outros!

Se não está a automatizar, está a ficar para trás

Se ainda não está a utilizar o Marketing Automation, está na hora de começar!

As grandes empresas do mundo estão a fazê-lo, e não há razão para que não possa ser uma delas. Na sua essência, a automatização do marketing consiste em criar lealdade e impulsionar receitas através de mensagens relevantes. E isso é algo do qual o seu negócio pode definitivamente beneficiar.

Pronto para começar? Diga-nos como podemos ajudar.

Social media in 2023: the good, the bad, and the WTF
This is some text inside of a div block.

Social media in 2023: the good, the bad, and the WTF

It's hard to believe that social media has been around for about 20 years. In that time, it has become an integral part of our lives, and there's no sign of it slowing down.

Some believe that social media will become more personal, with platforms becoming specialized for different demographics. Others think that AI will take over many of the tasks currently done by humans (such as moderating content), leading to a more automated experience.

Whatever happens, one thing is for sure: social media will continue to evolve, and we'll all be watching (and using) it!

Social media has come a long way in the past decade.

We've gone from simple text-based platforms to highly-visual, interactive gardens of information.

But what does the future hold for social media? First, we need to recognize that finding a recipe for keeping users engaged is the most important factor.

So, let's start with the good stuff!

1. Increased focus on private sharing

In the wake of data breaches and privacy scandals, social media users are increasingly interested in protecting their personal information. As a result, we can expect to see more platforms focusing on private sharing, either through direct messaging or small, closed groups.

2. More personalized content

Social media algorithms will continue to get better at showing us content that is relevant to our interests and search history. This personalized content may take the form of articles, videos, or even ads, making social media an even more important part of the marketing mix.

On Facebook, for example, we will be watching a feed that is more and more personalized to our interests with recommended content by AI. It is also expected that this, however, will be increasingly from pages that we do not yet follow.

3. Increased focus on audio

With the popularity of podcasts on the rise, users are becoming more accustomed to consuming content in this format. We will also see continued growth in platforms like TikTok and Instagram Reels. For businesses, this means that now is the time to start experimenting with audio content and thinking outside the box when it comes to format.

4. BeReal is on the rise

BeReal is a social media app that's based on authenticity and real connections. And it seems to be resonating with people. The app is quickly gaining popularity, particularly among young adults. Whether it's because we're craving more genuine interactions or we're simply tired of seeing perfectly filtered photos, it's clear that BeReal is filling a need in the social media landscape.

5. The advantages of UGC are numerous

One of the most significant shifts will be towards a more authentic and transparent form of marketing known as user-generated content (UGC).

Authentic UGC is more trusted by consumers than traditional advertising, and it can be used to create an emotional connection with the brand. This could take the form of product reviews, testimonials, social media posts, or even user-created videos and ads.

6. Exclusive content for subscribers

Yes! It is already in the testing phase and may even move on to the rest of the world. Instagram will allow users to subscribe to content from their favorite creators.

In this way, they can make stories, posts, reals, etc., only for those who pay the monthly fee, sharing unique content with those who are most connected.

Moving to the bad…

Unfortunately, not everything about social media in 2023 is positive, but when was it?

With the increasing popularity of live-streaming, there will be more opportunities for cyberbullying and harassment.

In addition, the spread of fake news will continue to be a major problem. As we've seen in recent years, social media can be used to manipulate public opinion and influence elections.

In addition, new technologies like virtual reality and augmented reality will create new opportunities for both connection and… deception.

And… Will this actually happen? 

And then there are the aspects of social media that we can't even begin to predict. 

Who knows what new platforms or features will emerge in the next year? We may even see a return to more traditional forms of communication, like email or texting. Or maybe we'll all just be communicating via emoji by 2023 (Hey, it could happen 🙃!)

As more and more people flock to the metaverse, social media apps will likely be looking to raise awareness of their next-stage development in AR posts. This new form of posting will provide users with a variety of new features and experiences, including the ability to view posts in augmented reality.

So what does all this mean for us? 

Social media in 2023 will be an ever-evolving landscape, with new platforms and features emerging all the time. But one thing is for sure: it's going to be exciting!

Of course, nobody knows for sure what is coming, but it is good to be tuned in to possible changes!

Learn how marketing automation can help you work smarter, not harder
This is some text inside of a div block.

It's tough to keep up with the latest marketing trends and changes. You need to be where your customers are, but there's just not enough time in the day.

Marketing automation is a great way to bridge that gap. It allows you to, among many things, track customer behavior and preferences to create more personalized experiences. This improves engagement and conversions!

Basically, anything that you can do manually can be automated with software. Keep reading to learn how.

Automate your marketing tasks and save time

If you're unsure how marketing automation can help your business or have yet to explore if it is a good marketing approach, consider the following ways it can benefit your business:

  • Improves marketing results by identifying specific marketing tactics that have been successful in the past.
  • Saves time through automated marketing tasks 24/7 in a highly customizable way, such as creating targeted email campaigns, reviewing website analytics, data management, creating rules, and sequencing messages.
  • Aligns marketing efforts with business objectives and helps you create a marketing strategy that marketing teams can easily understand.
  • Organizes new data entry (within tags, lists, and automation) and reduces time spent on data entry and manual processes via email marketing software.
  • Increases revenue and engagement with automated marketing that sends timely and relevant messages because it delivers specific content for the lead's level of interest/knowledge regarding the product.
  • Delivers more personal, timely, and relevant content to leads and customers.
  • Gets insights into subscribers' behavior so you can send them even more targeted messages.

How does it work?

There are numerous types of marketing automation software on the market; however, marketing automation is more than just marketing software.Marketing automation software platforms allow marketing teams to:

  • Create targeted campaigns and measure marketing ROI by tracking actions taken after a marketing campaign has been sent out. This includes traditional marketing tactics such as direct mail, email marketing, or social media posts, and marketing tactics such as marketing videos and marketing automation software marketing campaigns.
  • Build marketing lists and gain valuable insights through marketing intelligence or analytics.
  • Manage prospects and leads with an easy-to-use prospect management tool that allows marketers to filter leads by marketing preference, company size, location, and more, allowing for better lead nurturing.
  • Identify marketing trends, track marketing campaign performance, and benchmark marketing activities with marketing automation software that provides marketing insights.
  • Collect, manage and analyze big data (marketing analytics) using marketing automation software that integrates with Google Analytics and other popular business intelligence tools.
  • Optimize marketing activities with automatic suggestions for new emails, social media posts, landing pages, and more based on data analysis of top-performing content with the latest marketing software.
  • Personalize email marketing messages with dynamic content that includes customer data from CRM, detailed purchase history, and more.
  • Streamline social media management with tools designated to identify top influencers, schedule posts for specific times of the day, monitor keywords and hashtags, share photos directly to popular social networks and monitor brand sentiment through social listening software.
  • With CRM tools, marketers can consolidate all their contacts, call scripts, emails, and social posts in one place without having to re-enter information.

So, why is marketing automation more than just marketing software?

There are many marketing automation tools today, each designated to meet specific business goals and objectives. Since there is no one-size-fits-all solution, organizations must carefully review their needs before choosing a tool that suits their culture, processes, and resources.

Marketing automation tools fall into three categories: lead management tools, campaign management tools, and customer relationship management (CRM) tools.

The technology behind Marketing Automation can be very complex, but when broken down into its simplest components, we can see how it becomes more than just marketing software.

Funnel your way to success

There are a few key components to a successful marketing campaign: a great product, targeted traffic, and effective marketing automation.

A great product is essential for any business. Without a high-quality product, you won't be able to keep your customers' attention or generate repeat business. However, having a great product isn't enough on its own. You also need to generate traffic to your site to convert those visitors into buyers. And finally, you need to use effective marketing automation tools to follow up with your customers and keep them engaged at every stage.

But a good starting point for figuring out the sales funnel and larger market formula is to look at what stage of the buying process your product or service falls into.

For example, if your product is something people need to buy right away, such as a food item or medication, your sales funnel will likely be shorter with smaller overall market size. However, if your product is something that people can take their time deciding on – such as a car or a home – then your sales funnel will be longer with a much larger overall market size.

First, you need to understand your market. Who are your ideal customers? What needs do they have that aren't currently being met?

Once you know that, you can create a sales funnel that will attract them and convert them into customers.

The basic steps of a sales funnel are:
  • Not problem aware (60%)At this point, you need to attract potential customers with content or offers that appeal to them.
  • Problem aware (20%)Yes! You are getting them to the point where they're ready to buy.
  • Gathering Information (17%)Still, their final decision will be made after they gather more information.
  • Buying now (3%)And finally, they are more than ready to close the sale!

You can automate your marketing tasks and drive more leads and sales through your website with the right tools in place.

Marketing automation makes it easy to create targeted email campaigns, send automated social media posts, and publish valuable content that attracts customers!

It helps you close more sales throughout the lifecycle from lead to purchase, regardless of device or channel, and if you combine this with value-based marketing, a strategy that focuses on creating value for customers rather than on competing on price, you will create a connection with your customers and establish trust. This way, it becomes easier to build relationships with your customers and convince them to buy from you.

And when customers trust you, they're more likely to come back again and recommend you to others!

If you're not automating, you're behind the times

If you're not using marketing automation, it's time to start!

Marketing automation can help solve many old issues that still plague marketing departments today.

The world's top companies are doing it, and there's no reason you can't be one of them. At its core, marketing automation is about creating loyalty and driving revenue through relevant messages.

And that's something your business can benefit from.

Ready to get started? Let us know how we can help.